segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Festas de Vales Mortos

Foto de Vitor Fernandes.

10ª Feira Histórica e Tradicional Serpa 2017

10ª Feira Histórica e Tradicional


FERNANDO E BEATRIZ DE SERPA (SÉC. XV)


INFANTE D. FERNANDO (1433-1470) filho de D. Duarte e irmão de D. Afonso V. Casou com a INFANTA D. BEATRIZ (1429?-1506), filha do Infante D. João. Pais de D. Manuel (1469-1521).

Em 1453, D. Fernando recebe de D. Afonso V, para além do ducado de Beja, os senhorios jurisdicionais de Serpa e Moura. Estes senhorios, importantes sobretudo pela sua posição geoestratégica, contribuem de forma significativa para a criação de um grande espaço senhorial no Alentejo, sob o domínio do infante, e para alargar consideravelmente a sua casa e o seu poder. Aos olhos dos seus contemporâneos, D. Fernando era “o maior senhor que nunca houve em Espanha que não fosse rei”.
As vilas de Serpa e Moura foram-lhe doadas com os seus “castelos, rendas, direitos e jurisdição cível e crime”, vitaliciamente, passando, posteriormente, a doações de “juro e herdade”.
D. Fernando ficou conhecido como o Infante de Serpa por ter recebido do monarca o senhorio da vila e nela ter vivido.
Após a morte do marido, D. Beatriz recebe de D. Afonso V, em 1470, a curadoria e tutoria dos filhos menores, autorizando-a a “governar e administrar os seus bens e coisas e pessoas lhes pertencerem, como melhor houver e lhe parecer (…) sem embargo de quaisquer leis canónicas, civis e opiniões de doutores, ordenações, façanhas ou costumes de nossos reinos”.
A Infanta Beatriz tem um papel ativo na política dos reinados de D. Afonso V, D. João II e D. Manuel I e é considerada, por alguns historiadores, uma pessoa com grande poder em Portugal no século XV e início do século XVI.
Entre os muitos bens móveis e de raiz que detinha no Alentejo, D. Beatriz possuía em Serpa, de acordo com documentos do cartório do Mosteiro de Santa Maria da Conceição, em Beja, instituição monástica de sua fundação, quatro casas de morada sitas na vila, uma herdade localizada em Brinches, a herdade da Lobata e a horta da Calça, localizadas no termo de Serpa.

Foto de Serpa Terra Forte.
fonte camara municipal de serpa

Serpa - Município investe em sistema de rega gota a gota

Serpa mais verde
Município investe em sistema de rega gota a gota
A Câmara Municipal de Serpa está a proceder à instalação de sistema de rega gota a gota em vários espaços verdes e arruamentos da cidade. Para além de minimizar os consumos de água, face à tradicional rega manual, esta intervenção pretende melhorar as condições dos espaços verdes, e representa um investimento aproximado de 8200€.
Neste momento já se procedeu à colocação de rega gota a gota no Parque de Campismo e na Av. Nossa Senhora de Guadalupe. Brevemente serão intervencionados a Estrada da Circunvalação, Loteamento da Cruz Nova, Avenida Capitães de Abril, Largo da GNR, Rua Dr.º Afonso Henrique de Prado Castro e Lemos, Largo de S. Francisco, Rua Dr. Adolfo Palma Santos, Rua da Abegoaria, Praceta Manuel José Paraíba, Rua de Serpa Pinto, Largo 5 de Outubro, Largo de S. Paulo, Rua Frida Kahlo, Rua Capitão Salgueiro Maia, Rua Dr. Adolfo Palma Santos, Praceta de S. Pedro, Rua Dr. Manuel Dias Nunes, Rua Bonimal de Fora, Rua Manuel Bentes, espaço adjacente ao edifício dos Bombeiros Voluntários, Rua Manuel Graça Afreixo e Rua do Parque de Campismo.
O Município está também a proceder à requalificação do canteiro da Cruz Nova, junto ao Centro Escolar de Serpa, com o intuito de melhorar o espaço de forma a criar melhores condições de utilização pela população residente na zona.

fonte: camara municipal de serpa

Escola Secundária de Serpa, Município de Serpa manifesta preocupação



Escola Secundária de Serpa
Município de Serpa manifesta preocupação
Ao tomar conhecimento de que a Escola Secundária de Serpa ficou de fora da lista de escolas a intervencionar agora divulgada, o município de Serpa manifesta grande preocupação e reitera a premência da requalificação deste estabelecimento de ensino, dando a imprescindível resposta às exigências e posições tomadas nos últimos anos e, sobretudo, no decorrer do último ano letivo.
Neste contexto, não é demais voltar a referir que a Escola Secundária de Serpa foi sinalizada em 2008, esteve para ser requalificada em 2013 pela Parque Escolar, mas esta intervenção foi ficando sempre por fazer. Em 2015, no período de “negociação” do atual quadro comunitário de apoio – PORTUGAL 2020, no âmbito da CIMBAL - Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo e, designadamente, nos contributos para a elaboração do “Mapeamento dos Investimentos em Infraestruturas Escolares (níveis pré-escolar, básico e secundário) ”, a necessidade de intervenção na Escola Secundária de Serpa foi devidamente salvaguardada, embora a responsabilidade fosse do Ministério da Educação, de acordo com as suas competências legais, com a recetividade por parte do município para apreciar propostas concretas que viessem a ser apresentadas. Em 26 de outubro de 2016, depois de vários contatos com a Direção de Serviços da Região Alentejo, a Câmara Municipal de Serpa solicitou reunião ao Ministro da Educação, com o objetivo de obter esclarecimentos sobre este assunto. Por não ter obtido resposta, foi repetido o pedido de reunião a 17 de novembro e, novamente, a 3 de janeiro de 2017, tendo o presidente da Câmara sido recebido a 7 de fevereiro pela Secretária de Estado Adjunta e da Educação, entregando um relatório que, tendo em conta o avançado estado de degradação e os vários problemas existentes na Escola Secundária de Serpa, apontava para um valor na ordem dos 3.500.000 euros, valor similar ao montante já anteriormente indicado pelos serviços desconcentrados do Ministério da Educação (na altura DREAlentejo).
Apesar destes dados, nessa reunião a autarquia foi informada de que estava prevista uma verba de cerca de 1.000.000 euros para esta Escola, no âmbito do atual Quadro Comunitário de Apoio, embora sem qualquer definição de utilização ou qualquer outro esclarecimento sobre a resolução de todos os problemas existentes. Na altura, o município de Serpa tornou pública esta informação, salientando que este equipamento escolar é da responsabilidade exclusiva do Ministério da Educação e mantendo disponibilidade para encontrar em conjunto as adequadas soluções.
Por não ter existido mais nenhuma elucidação por parte do Ministério da Educação, voltou o município de Serpa a solicitar nova reunião em 9 de maio e a 12 de julho, pedidos que até à data não obtiveram qualquer resposta.
Considera-se, por conseguinte, fundamental que o Governo esclareça quais os critérios seguidos para exclusão da Escola Secundária de Serpa nesta lista de requalificação de escolas, exigindo garantias de que seja integrada no programa de requalificação das 200 escolas que o Governo anunciou há cerca de um ano, reforçando a total disponibilidade para analisar a situação em conjunto.

fonte: camara municipal de serpa

Município de Serpa apoia educação



Oferta das fichas de trabalho
Município de Serpa apoia educação
A Câmara Municipal de Serpa vai oferecer, no início do ano letivo 2017-2018, os livros de fichas necessários a todos os alunos que frequentam o 1.º Ciclo do Ensino Básico nas escolas públicas do concelho.
Este ano, visto que o governo estabeleceu a gratuitidade de manuais escolares a todos os alunos do 1.º ciclo do ensino básico da rede pública, o município oferecerá os livros de fichas, contribuindo desta forma para minimizar os encargos das famílias neste início de ano letivo, no âmbito da política de apoio à educação que tem vindo a seguir.
No ano letivo 2016/2017, no que se refere à ação social escolar, o Município de Serpa assegurou a Componente de Apoio à Família para alunos do pré-escolar, com o prolongamento de horário, com atividades lúdicas e recreativas, e o fornecimento de refeições. Aos os alunos do 1ª ciclo foram prestados auxílios económicos através da comparticipação de refeições, da oferta dos livros escolares e de material escolar e ainda da comparticipação do transporte escolar a todos os alunos deslocados dos vários ciclos de ensino, incluindo do ensino profissional. O investimento em ação social escolar ultrapassou os 250 mil euros.

fonte: Camara Municipal de Serpa

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Rally Cidade de Serpa 2017

Foto de Rali Flôr do Alentejo - Cidade de Serpa.
fonte:Rally Flor do Alentejo

Fator - Vila Verde de Ficalho 2017


Vila Verde de Ficalho
FATOR - Festival de Artes e Ofícios da raia
De 4 a 6 de agosto
Vila Verde de Ficalho
Org: Junta de Freguesia de Vila Verde de Ficalho, com o apoio da Câmara Municipal de Serpa

Dia 4 agosto, sexta-feira
19h30 – Abertura
Lançamento CD Grupo Coral “OS ARRAIANOS” – Espaço do Museu
Apresentação dos alunos de Viola Clássica (Prof. Armando Torrão) e Cavaquinho (Prof. Rafael Lopes)
Arruada com “OS CHOCALHEIROS DE VILA VERDE DE FICALHO”
21h00 – Atuação de Grupos Corais
“ FLORES DO CHANÇA”
“ OS ARRAIANOS”
22h00 - Trio Sabóia
23h0 - Vítor Ventura e Inês Limpo com banda
01h00 - DJ Tape

Dia 5 de agosto, sábado
22h00 - Los Rebujitos
23h30 - Uns & Outros
01h00 - DJ Lady F

Dia 6 de agosto, domingo
22h00 – Vozes do Sul
23h30 - Triskle
01h00 - DJ Wolfe

fonte: camara municipal de serpa

terça-feira, 4 de abril de 2017

Festas de Brinches 2017

Festa de Vila Verde de Ficalho 2017

Foto de Comissão de Festas de Nossa Senhora das Pazes e São Jorge 2016/2017.

Município testa alternativa aos Herbicidas / Glifosato

Serpa mais verde
Município testa alternativa aos Herbicidas / Glifosato
Sempre preocupado com as questões ambientais e com a manutenção dos espaços públicos, o Município estuda alternativa aos herbicidas / Glifosato e testa equipamento “Polyvap 2002” uma máquina de deservagem térmica, que não necessita de produtos químicos. 
Este equipamento, elimina todo o tipo de ervas daninhas e musgos através do vapor de água. O combustível utilizado é óleo vegetal reciclado. As células das plantas são destruídas a temperatura de 70-80ºC, este equipamento envolve as ervas daninhas com o vapor de água a temperaturas entre os 160-180ºC, a aplicação do vapor de água a estas temperaturas em poucos segundos será suficiente para destruir as células e, portanto, eliminar as ervas daninhas e musgos. A remoção das ervas daninhas no solo por vapor de água é um método ecológico que preserva a qualidade das águas subterrâneas. 
O Equipamento será testado pela Autarquia de 3 a 7 de abril.

fonte: camara municipal de Serpa

Festas de Serpa em Honra de Nossa Senhora de Guadalupe 2017


Programação
Festas em Honra de Nª Sra. de Guadalupe
De 13 a 18 de abril 2017

Dia 13, quinta-feira
23h30 “Remember Old School” com Dj J. Wolf (Espaço Comissão)

Dia 14, sexta-feira
10h00 Rally Paper (ver programa próprio) Org.: Futebol Clube de Serpa
15h00 Torneio de Dardos (Snack-bar “A Gare”)
15h00 Torneio de Futebol de Traquinas e Petizes (ver programa próprio) Org.: Futebol Clube de Serpa
22h00 Procissão do Enterro do Senhor
00h30 Encontro de Gerações/ Souther Z (Espaço Comissão)

Dia 15, sábado
10h00 Torneio de Futebol de Benjamins (ver programa próprio) Org.: Futebol Clube de Serpa
16h00 Festival taurino (ver programa próprio) Org.: Bombeiros Voluntários de Serpa
21h00 To Kings /Ricardo Gordo (Praça da República)
00h00 Aleluias
00h30 Zeca e os Pelintras/Dj Sunlize (Espaço Comissão)

Dia 16, domingo
15h00 Procissão de Nossa senhora de Guadalupe
16h00 Cortejo Histórico e Etnográfico Org.: Câmara Municipal de Serpa
22h00 Trigo Roxo (Praça da República)
00h00 Espetáculo Piromusical (junto ao Espelho de Água)
00h30 300 and Friends/Dj Nardo vs Dj Garfield

Dia 17, segunda-feira
16h00 Procissão Solene da Festa de Nossa Senhora de Guadalupe
22h00 Ricardo e Henrique (Praça da República)
00h30 Além Carron/Ricardo Glória/Dj Lady F (espaço Comissão
Dia 18, terça-feira
09h00 Missa e procissão rumo ao “Altinho”

Org.: Comissão de Festas
Apoio: Câmara Municipal de Serpa, J.P.A. Silva, Lda e União de Freguesias de Salvador e Santa Maria

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

II Trail Ribeira de Limas - Santa Iria Bike Team


O Clube de BTT Santa Iria Bike Team realizou este fim de Semana 19 de Fevereiro pelo segundo ano o II Trail Ribeira de Limas, este ano com uma grande novidade, a prova realizada em Santa Iria – Serpa faz parte de uma etapa da 1ª Liga Transfronteiriça que é disputada em 4 etapas duas em Portugal e duas em terras Espanholas. Estiveram presentes nesta pequena aldeia aproximadamente 300 atletas que se dividiram pelo Trail Longo 25 km, Trail Curto 15Km e Caminhada 10 Km. As espectativas foram as melhores e no final todos saíram satisfeitos com o que encontraram, paisagens espetaculares, grande trilhos, abastecimentos excelentes tudo cuidado ao pormenor para que nada faltasse aos atletas. Ficou a promessa de estarem presentes na III edição do Trail Ribeira de Limas. 



terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

35ª Volta ao Alentejo em Bicicleta - Passagem pelo Concelho de Serpa

Passagem pelo concelho
35ª Volta ao Alentejo em Bicicleta
A 35ª volta ao Alentejo em Bicicleta vai passar pelo concelho de Serpa no dia 24 de fevereiro, sexta-feira.
A passagem por Pias, pela Rua João Tiago Coelho, está prevista para as 12h25. Em Serpa está prevista a passagem dos ciclistas pelas 12h50 na Avenida Nossa Senhora de Guadalupe, Avenida Capitães de Abril e Circular Interna.

Foto de Henrique Gomes
Fonte: Camara Municipal de Serpa

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Tradicional Festival Taurino Serpa 2017

A localidade alentejana de Serpa receberá a 15 de Abril o Tradicional Festival Taurino a favor dos Bombeiros Voluntários de Serpa.
O cartel já está completamente rematado e é constituído da seguinte forma:
Cavaleiros Luis Rouxinol, Filipe Gonçalves, Telles Bastos e João Telles Jr. e os matadores de toiros El Cid, David Galvan e Manuel Dias Gomes.
Nas pegas teremos os grupos de Forcados  Amadores de Cascais e Beja.
Serão lidados astados de várias ganadarias.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Festa de São Sebastião Vale de Vargo 2017



De 19 a 22 de janeiro de 2017
S. Sebastião . Vale de Vargo
Programa

Dia 19 (quinta-feira)
10h00 – Inauguração do som de rua
19h00 – Inauguração das iluminações

Dia 20 (sexta-feira)
10h00 – Abertura do som de rua
21h30 – Espetáculo com Sonido Andaluz
23h00 – Baile com Miguel Azevedo

Dia 21 (sábado)
10h00 – Abertura do som de rua
21h00 – Fogo de artifício
22h00 – Baile com a banda Cristais da Noite
03h00 – KX CONNECTIONS

Dia 22 (domingo)
10h00 - Abertura do som de rua
14h00 – Missa Solene
15h00 – Procissão em Honra de S. Sebastião, acompanhada pela Banda Filarmónica de Serpa
17h00 – Leilão de ramos
21h30 – Espetáculo musical com Inês Limpo e Vítor Ventura e Os Vocalistas

Org: Comissão de Festas

fonte: Camara Municipal de Serpa

Feira do Queijo do Alentejo 2017



Apresentação Pública
Feira do Queijo do Alentejo
No próximo dia 24 de janeiro, o município de Serpa faz a apresentação pública da 16ª edição da Feira do Queijo do Alentejo, no Museu Etnográfico de Serpa, às 11h30. Esta ação pretende dar a conhecer o Programa da Feira, os objetivos do certame e apresentar as diversas ações de promoção que vão decorrer até à abertura da Feira.

A Feira do Queijo do Alentejo realiza-se de 24 a 26 de fevereiro de 2017, no Pavilhão de Feiras e Exposições de Serpa. Mostra económica do melhor que se produz no concelho, com destaque para o queijo e as agroalimentares, onde estão também representados o artesanato, os produtos regionais, as tasquinhas com gastronomia típica e outras atividades ligadas ao mundo rural e à cultura e identidade local, tem vindo a aumentar a capacidade de atração de profissionais do setor, ao mesmo tempo que potencia e estimula o turismo no concelho, com o crescente número de visitantes que anualmente marcam presença.

Nesta edição, o certame terá maior área e maior número de produtores de queijo, estando confirmados queijos de Serpa, Évora, Nisa, Beira Baixa, Castelo Branco, Terrincho-Trás-os-Montes, Azeitão, Redondo, Borba, Estremoz, Rio de Moinhos, Serra da Estrela, Açores e Salamanca (Espanha). Salienta-se a forte presença do Cante Alentejano durante os três dias da Feira, as atividades de animação para o público mais jovem garantido no Espaço Brinca, as oficinas práticas relacionadas com a culinária e o queijo, as sessões de apresentação de projetos e programas relacionados com o desenvolvimento local, o Concurso de Melhor Queijo da Feira do Queijo e muitas outras oportunidades de experimentação e de diversão, que vão continuar a marcar o Programa da Feira.

Fonte: Camara Municipal de Serpa

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Município subsidia central telefónica dos Bombeiros



Câmara de Serpa apoia Bombeiros Voluntários
Município subsidia central telefónica dos Bombeiros
No âmbito do protocolo celebrado com a Associação Humanitária dos Bombeiros de Serpa, o Município procedeu à transferência de 27. 247,00€ destinados a financiar a nova central telefónica do quartel.
Esta transferência faz parte do protocolo de cooperação assinado em 2012, que formalizou a colaboração entre o Município de Serpa e os Bombeiros, no âmbito da política municipal de defesa dos munícipes e do interesse público.

Fonte: Camara Municipal de Serpa

Serpa - Contentores para cinzas


Prevenção
Contentores para cinzas
Alertamos todos os munícipes para que não depositem cinzas quentes nos contentores de plástico e nos contentores subterrâneos, devido ao perigo da matéria orgânica aí depositada entrar em combustão.
Para que tal não aconteça, há medidas preventivas simples a ter em consideração:
- Ao limpar a lareira/salamandra/braseiro/fogareiro não deite as cinzas fora de imediato; guarde-as num recipiente metálico ao ar livre durante um ou dois dias, para que arrefeçam;
- Deposite as cinzas arrefecidas e ensacadas nos contentores metálicos disponibilizados para o efeito.
Localização dos contentores para cinzas
1. Cruz Nova (Largo da Cruz Nova)
2. Largo 25 de Abril
3. Forte (barreira dos silos)
4. Rua da Abegoaria
5. Avenida Capitães de Abril (junto à Gare)
6. Rua da Liberdade (junto ao bairro Fomento)
7. Avenida José Manuel Pardal Romão (junto à casa do Benfica)
8. Cruz Nova (Junto à Escola Abade Correia da Serra)
9. Largo da Corredoura
10. Rua Che Guevara (junto à Creche)

Fonte: Camara Municipal de Serpa